Antes de tudo, o hábito!

Os hábitos são parte essencial da nossa rotina. Bons ou ruins, funcionam a partir de um gatilho para que o nosso cérebro receba uma recompensa esperada. Vários estudos já foram realizados para entender a maneira como nós agimos ou criamos determinados hábitos.

Por exemplo, o cérebro de um fumante, que vê um cigarro ou alguém fumando, anseia pela nicotina para que a recompensa (sensação de bem estar) aconteça. Fica claro, então, que nosso cérebro comanda boa parte das nossas atitudes diárias através desse loop. Uma das melhores táticas para vencer hábitos nocivos é descobrir qual o gatilho que faz com que desejemos algo a ponto de realizar atitudes no piloto automático.

Pois bem, esse exercício de autoconhecimento é fundamental para nos tornamos mais produtivos. Um dos maiores motivos para o rendimento insatisfatório na universidade é, de fato, o péssimo hábito de estudar todo o assunto momentos antes de uma avaliação. O hábito de estudar diariamente deve ser incorporado em todas as fases da nossa vida acadêmica. Dessa maneira, conseguimos fundamentar os conceitos estudados na memória de longo prazo e impedimos que todo aquele esforço de aprender algo novo tenha sido em vão.

Tudo muito bonito mas…. como fazer?

Então, vamos lá: o primeiro passo para fortalecer esse hábito é definir a recompensa. Qual o maior motivo para que seu cérebro entenda que você deve estudar todos os dias? Uma viagem ao final do semestre como prêmio? A satisfação de passar por média em todas as matérias? O objetivo maior de se formar o mais rápido possível? Provar para alguém que duvida do seu potencial de que você é capaz? Anote tudo que vier na sua cabeça em um papel durante alguns dias e defina sua meta principal. Lembre-se de que a recompensa pode mudar ao longo do semestre ou do ano.

Segundo passo: substitua um hábito ruim da sua rotina pelo hábito de estudar. Para isso, devemos encontrar o gatilho que faz com que o loop do hábito ruim aconteça. Por exemplo: você que parar de perder tanto tempo assistindo televisão à noite. Descubra a deixa que leva você a passar horas na frente da tv (geralmente um horário específico do dia). Quando sentir vontade de sentar no sofá, planeje ler sobre algum assunto da faculdade por pelo menos 30 minutos. Ao final desse período, reflita se ainda sente vontade de ligar a tv. Aumente diariamente o tempo dedicado ao novo hábito até o loop acontecer naturalmente.

Parece simples? Não é. Mas o primeiro passo (e mais importante) para aumentar sua produtividade é adquirir bons hábitos. Baixe nossa planilha de novos hábitos, teste o que funciona com você e compartilhe o resultado conosco.

Um abraço,

Felipe Bravo
CEO – Iniciare Educação Criativa

Sugestão de leitura: O poder do Hábito (Charles Duhigg)

MATERIAL DE APOIO: SUBSTITUA HÁBITOS RUINS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *