Ler mais pode mudar sua vida.

Uma pesquisa encomendada pela Fecomércio-RJ em 2015 mostrou que 70% dos Brasileiros não leram um livro sequer em 2014. Leia a matéria na integra.

Esses dados são alarmantes , mas além de não fazer parte da nossa cultura a grande maioria das escolas não explora a leitura da maneira correta. Geralmente obriga os alunos a ler os clássicos da Literatura brasileira, pois vai cobrar nas provas e também são livros que o ENEM cobra. Não tenho nada contra os clássicos, mas estimular a leitura não é obrigar um aluno a ler Machado de Assis para cobrar em uma prova.

A escola deveria criar clubes de livros, estimular a leitura de ficção, a montagem de peças baseadas em livros que os adolescentes estão lendo no momento e por aí.

Infelizmente isso não vai mudar tão cedo, mas independente da escola ter nos estimulado a ler ou não temos que ler mais, começar a trazer a leitura para nossa vida como um habito diário. Tem mais, além de ler temos que retirar ensinamentos do que lemos, a cada leitura algo tem que ser aprendido,repassado e ensinado.

Comece hoje! Ler mais pode mudar sua vida, fazer você descobrir o seu propósito, descobrir mundos que você nunca imaginou que existia, te levar ao sucesso. Não estou exagerando é assim mesmo.

Siga esses passos para tornar a leitura um hábito na sua vida

– Aprenda a Ler –

1- Busque temas que você goste, pode começar com revistas, blogs, quadrinhos.

2- Leia todo dia, estabeleça um horário, bote o despertador e leia.

3- Faça anotações, frases, palavras, aprenda algo com a leitura.

4- Ensine o que você aprendeu a alguém ou faça o resumo da história do livro que você está lendo e conte.

Isso vai fazer você criar o hábito de ler, depois faça do seu jeito e mude o Mundo.

 

Abraço

Vasco Patú

CEO & Founder

Iniciare Educação Criativa

2 Comentários


  1. Atualmente estou lendo o livro Trabalhe 4 horas por semana, do Tim Ferriss.. Excepcional esse livro, recomendo a leitura à todo mundo que quer se livrar do emprego convencional

    Responder

    1. Edmilson, obrigada pela dica! Continue nos visitando e dividindo suas experiências literárias. Grande abraço!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *