Quão inteligente você é?

Falar de inteligência sempre atrai o interesse de muita gente. Você sabe o quão inteligente é? Pergunta difícil, principalmente quando não estamos dando nem um dado comparativo para que você responda a pergunta. Mais inteligente que quem? Baseado em que teste de inteligência?

Antigamente tínhamos como padrão o teste de QI como métrica “perfeita” para definir se uma pessoa é mais ou menos inteligente. Esse teste é baseado em raciocínio lógico, testes matemáticos, habilidade de escrita e interpretação de texto. Como vocês podem notar faltam algumas habilidades aí que podem fazer diferença para definir se alguém é mais o menos inteligente concordam? Será que uma pessoa inteligente que atinge altos índices QI tem um bom controle emocional, sabe falar bem em público, tem um bom relacionamento com as outras pessoas?

O professor Felipe Bravo produziu um texto brilhante sobre inteligência emocional que seria interessante que vocês lessem (clica aqui). Por aí você já percebe que o teste de QI fala apenas um pouco do que queremos saber sobre inteligência.

Acredito fortemente em uma teoria do psicólogo Howard Gardner que fala das múltiplas inteligências (saiba mais clicando aqui). No seu trabalho ele aponta várias habilidades (inteligências) que somadas darão uma melhor indicação sobre sua inteligência.

multiplas inteligencias

O mais incrível dessa teoria é que você que não é tão bom em matemática pode ser um fenômeno em todas as outras… Grandes atletas como Pelé, Michael Jordan, Airton Senna eram ou não gênios? Mozart, Vinicius de Morais, Renato Russo eram ou não gênios ?

Bem, com a teoria das múltiplas inteligências podemos abrir nossa mente para novas possibilidades, para novas experiências. Podemos nos tornar mais inteligentes encontrando quais são nossas principais inteligências, quais nós temos que desenvolver e trabalhar nelas.

Tomem esse desafio de saber quais são suas inteligências como uma oportunidade de autoconhecimento, uma jornada de aprendizado  para atingir novos objetivos e desenvolver noas inteligências.

Abraço

Vasco Patú

CEO e Founder

Iniciare Educação Criativa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *