Use o Design thinking para resolver problemas do dia a dia.

O Design thinking (DT) é uma expressão que ganhou notoriedade nos últimos anos, mas ela apareceu para o mundo da educação por volta de 2012. Essencial para industria de celulares, carros, startups o conhecimento da forma como os produtos são idealizados e lançados é um conhecimento de muito valor para ser aplicado no dia a dia. Seja no trabalho, na sala de aula ou até nos seus projetos domésticos.

Como definição mais casual o Design thinking é um novo jeito de pensar e abordar problemas ou, dito de outra forma, um modelo de pensamento centrado nas pessoas, pois o produto final tem que ser aplicável.

Posso facilmente encaixar o DT em uma metodologia ativa de resolução de problemas, onde por todo o processo os envolvidos aprender fazendo e não apenas escutando alguém que sabe mais que você.

Para entender melhor observem as etapas do processo resumidas:

1- Descoberta: identificar o problema a ser resolvido.

2- Interpretação: aprender o máximo sobre esse problema.

3- Ideação: botar no papel todas as possibilidades de resolução e possíveis dúvidas.

4- Experimentação: elaborar um protótipo de testes de resolução.

5- Evolução: voltar como o protótipo para a bancada e melhorar com as sugestões e críticas do seu grupo de testes.

O interessante é trabalhar o DT em grupos, assim a ideação e a elaboração do protótipo serão mais fáceis. Na fase de interpretação é fundamental uma pesquisa com pessoas mais experientes, com o público alvo do projeto e muita leitura é claro.

Os principios do DT podem muito bem ser usados em problemas cotidianos, lógico que com uma pequena alteração. Olha minha sugestão:

1- Você identifica o problema.

2- Anota duvidas sobre ele, objetivos de leitura ou entrevistas com pessoas mais experientes.

3- Busca referencias para estudar sobre o problema.

4- Elabora um resolução teste.

5- Avalia o teste, melhora a resolução.

6- Problema resolvido.

 

Abraço

 

Vasco Patú

CEO e fundador da Iniciare Educação Criativa.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *